CONSULTAS BOA VISTA SCPC ONLINE

CÓDIGO    SENHA   

PROCON alerta sobre fraudes na Black Friday.

PROCON de Ituverava orienta consumidores sobre as fraudes na semana da Black Friday

 

A pedido do Jornal O Progresso, o diretor do Procon de Ituverava, Dr. Marcelo Liporaci Sposito Machado enviou à redação algumas dicas sobre os possíveis golpes que os consumidores estão sujeitos na promoção que acontece no mês de novembro denominada de “Black Friday”, quando os preços atrativos chamam atenção dos consumidores.

Entretanto, a compra de um produto desejado pode se tornar um grande prejuízo. Seguem as dicas do diretor do Procon:

Com a proximidade das promoções denominada Black Friday, aumentam as chances do consumidor ser vítima de eventuais golpes. A intensificação do comércio eletrônico tem aumentado a cobiça de gatunos que se aproveitam da imprudência ou negligência das pessoas ao realizarem suas compras de forma afoita, sem se atentarem para questões de segurança de seus dados pessoais e financeiros.

Por isso, é importante ficar atento a dicas básicas que, se observadas, diminuem em muito a probabilidade de serem vítimas desses golpes que geram grandes aborrecimentos e prejuízos.

Então, vamos lá:

(1) Primeiro, escolha os produtos de seu interesse e faça uma pesquisa de preços para saber se, de fato, trata-se de desconto promocional. Não compre por impulso ou somente porque o produto está em oferta. Seja racional e compre aquilo que precise de fato. Deixe modismos de lado. Evite ostentações que possam colocar em risco seu rendimento mensal. Estabeleça um limite de gastos.

(2) As compras on-line somente devem ser feitas em sites confiáveis e seguros. Empresas confiáveis são aquelas que apresentam em sua página dados básicos como CNPJ, endereço físico e telefone para contato. Evite sites “.com”, pois podem estar hospedados em qualquer parte do mundo. Havendo problemas, não há como responsabilizá-los. Portanto, dê preferência a sites “.com.br”, muito embora isso não seja certeza de segurança absoluta. Lembre-se de que, nas compras online, recebido o produto, pode o consumidor desistir da compra no prazo de 07 dias corridos. Verifique se o CNPJ e endereço realmente pertence ao mesmo ramo de comércio dos produtos oferecidos.

(3) Ao fazer pagamento, utilize cartão de crédito, pois se houver golpe fica mais fácil pedir o cancelamento e estorno do valor pago. Evite anúncios de produtos em redes sociais, pois a incidência de golpes por estes canais tem se intensificado.

(4) Se haver dúvida quanto a idoneidade do site, verifique no site da Fundação Procon São Paulo a lista de sites que devem ser evitados. É claro que essa lista não é taxativa, pois os estelionatários estão sempre criando novos sites.

(5) Cuidado com anúncios que fazem “link” direto com o site. É conhecido esse golpe pois o consumidor parece estar de fato no site oficial da empresa mas, na verdade, é uma página clonada. É idêntica à página oficial da empresa, mas o endereço eletrônico não. Portanto, prefira digitar o endereço oficial da empresa. Se for anúncio idôneo, ele estará lá.

(6) Havendo problemas de relação de consumo, pode o consumidor abrir uma reclamação oficial no site consumidor.gov.br. Esta plataforma é uma útil ferramenta para que o consumidor possa fazer uma reclamação sem precisar sair de casa. Lá estão as empresas de telefonia, cartões de crédito, bancos e grandes lojas do varejo eletrônico. Não havendo solução, pode-se ainda abrir reclamação no Procon com audiência conciliatória. Sendo fundamentada a reclamação e não sendo atendida a demanda, o Procon de Ituverava encaminha o processo ao Fórum local, judicializando o problema sem que o consumidor tenha que procurar um advogado, desde que o objeto envolvido não exceda a 20 vezes o valor do salário mínimo.

FONTE: Jornal O Progresso 




<< Voltar

Associação Comercial e Industrial de Ituverava
Rua Cel. José Nunes da Silva, 277 - Centro - | Ituverava/SP - 14500-000 - acii.ituverava@gmail.com
Imagem