CONSULTAS ONLINE

CÓDIGO    SENHA   

ACII e SINCOVAMI divulgam dados econômicos de Ituverava.

A ACII - Associação Comercial Industrial de Ituverava realizou nessa semana um comparativo do volume de consultas de SCPC de PF (Pessoa Física) e PJ (Pessoa Jurídica) realizadas pelo comércio de Ituverava no primeiro semestres de 2015, 2016 e 2017. A pesquisa comparou os primeiros meses dos anos de resessão, meses que são considerados fundamentais para os planejamentos empresariais e termômetro da intenção de consumo da população. O comparativo mostra o impacto dos primeiros anos de resessão da economia brasileira, afetando o volume de compras no comercio local, trazendo a diminuição do poder de compra dos consumidores e do poder de investimento das empresas. Com as mudanças no cenário político, junto com novas medidas adotadas pelo governo e a retomada da geração de emprego a economia brasileira volta a dar sinais de recuperação, com tudo os números negativos de volume de compras começam a estabilizar e uma retomada na economia começa a dar sinais. Para o diretor do SCPC da ACII o Sr. Vicente Paulo Vieira Junior é importante ressaltar o peso que as mudanças tiveram nos últimos anos. “Os dados apontam que no momento da recessão o comercio local teve uma retração nas compras a prazo, já no comparativo com os dois últimos semestres o comércio manteve estável, sem baixa nas compras a prazo. Isso é uma boa noticia, pois os indicadores não voltaram a cair drasticamente, trazendo um fôlego para a retomada do poder econômico local. Para a classe empresarial o SCPC é muito importante, principalmente neste momento da retração econômica do país, diminuir custos e perdas, nestas horas, passa a ser lucro. Identificar o bom consumidor ajuda a dar mais crédito ao mesmo, proporcionando uma facilidade no parcelamento e nas diversas formas de pagamento a prazo que a empresa pode proporcionar ao bom cliente.” Ressalta o diretor.

O SINCOVAMI – Sindicato do Comércio Varejista do Município de Ituverava divulgou esse mês a pesquisa relacionada ao faturamento real do comércio varejista da região de Ribeirão Preto, dados que abrangem todas as (69) cidades ligadas a Delegacia Regional Tributária de Ribeirão Preto. Em julho o valor real atingindo foi de R$ 2,9 bilhões, crescimento de 6,1% em relação ao mesmo mês em 2016. No acumulo do primeiro semestre do ano, houve alta de 6,2%, e nos últimos 12 meses, elevação de 5,6% nas vendas. Os dados são da Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista no Estado de São Paulo (PCCV), realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), com base em informações da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz-SP). Para o presidente do SINCOVAMI o Sr. Edelberto Diniz Costa as entidade envolvidas mostram o andamento real da economia local. “Os indicadores econômicos de junho surpreenderam positivamente, dando força á tese de que a recessão iniciada à três anos está finalmente sendo deixada para traz. Mesmo com os números positivos da pesquisa  precisamos levar em conta a turbulência política que o país ainda  enfrenta, isso causa um alerta de atenção nos próximos meses. Precisamos de instabilidade para que os resultados econômicos comecem a ser positivos frequentemente.” Disse o presidente.

 

 

 




<< Voltar

Associação Comercial e Industrial de Ituverava
Rua Cel. José Nunes da Silva, 277 - Centro - Caixa Postal 57 | Ituverava/SP - 14500-000 - acii.ituverava@gmail.com
Imagem